quinta-feira, 31 de março de 2011

Só hoje ... me ame ou deixe-me



Hoje acordei assim, meio borboleta
que resolveu bater assas e voar para
lugar nenhum. Letárgica sem pensar em nada.
Porque minhas perguntas são melhores que
minhas dúvidas, e minha verborragia sobre
você já me cansou. Sou assim mesmo,
cheia de sorriso nos olhos,
sonhos nos lábios e coração nas mãos.
Entediou-me apenas olhar a rua sem
decidir o caminho, invadir tristezas com
as pontas dos pés enquanto embrulho amores de celofane.
Hoje eu gosto de gente que chora,
ri, desabafa, sente a flor da pele e
principalmente espalha passos de esperança por onde passa.
Não me julgue apenas me abrace,
com a certeza de que hoje brindaremos o viver intensamente.
Beberemos toda a garrafa gota a gota
relendo os capítulos prosaicos do livro de nós dois.
Hoje estou assim nessa necessidade de silenciar a saudade,
por favor, não a faça gritar.

Keli Wolinger

A saudade fará mais por nós dois que nosso amor e sua desajeitada e irrefletida permanência.” Martha Medeiros

9 comentários:

  1. Veve ser mto bom acordra e senti-r-se uma borboleta eu deveria sentir-me um borboleto, uauauua q assassinato ao portugues, mas aos poetas é percebido algum deslize em nome da boa rima, beleza m,inha linda poetiza, pra vc borboleteados bjos, bjos e bjosssssss

    ResponderExcluir
  2. Keli... vc me surpreende cada dia mais. Hoje então, está inspiradíssima. Não que os outros textos não fossem bons, pelo contrário, mas esse de hoje é PERFEITO.

    ResponderExcluir
  3. Que texto lindo! Adoro descobrir blogs com conteúdo contagiante...parabéns por tão linda escrita!

    ResponderExcluir
  4. ótimo, você também gosta de gente que é gente, e não de gente que esconde o que é.

    ResponderExcluir
  5. Wenderlen, adoro seu senso de humor.

    Grande beijo para você também.

    ResponderExcluir
  6. Brunno,

    Tem dias em que deixamos a alma livre e assim nos permitimos transcender.

    ResponderExcluir
  7. Yohana,

    Seja bem vinda!

    Entre, puxe uma cadeira e sente-se. O espaço é seu.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  8. Jéssica,

    Sentimentos são pássaros livres, que voam sem destino ou hora de chegada e partida.

    Grande abraço

    ResponderExcluir
  9. Keli, preciso dizer com palavras o quão adorei/adoro tudo isso? Menina, ocê não existe!!! Lindo,demais!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Outros Tempos