quarta-feira, 3 de março de 2010

Paradoxo


Nós bebemos demais, gastamos sem critérios. Dirigimos rápido demais, ficamos acordados até muito mais tarde, acordamos muito cansados, lemos muito pouco, assistimos TV demais e raramente estamos com Deus.
Multiplicamos nossos bens, mas reduzimos nossos valores. Nós falamos demais, amamos raramente, odiamos freqüentemente.
Aprendemos a sobreviver, mas não a viver; adicionamos anos à nossa vida e não vida aos nossos anos.
Fomos e voltamos à Lua, mas temos dificuldade em cruzar a rua e encontrar um novo vizinho. Conquistamos o espaço, mas não o nosso próprio.
Fizemos muitas coisas maiores, mas pouquíssimas melhores.
Limpamos o ar, mas poluímos a alma; dominamos o átomo, mas não nosso preconceito; escrevemos mais, mas aprendemos menos; planejamos mais, mas realizamos menos.
Aprendemos a nos apressar e não, a esperar.
Construímos mais computadores para armazenar mais informação, produzir mais cópias do que nunca, mas nos comunicamos cada vez menos.
Estamos na era do 'fast-food' e da digestão lenta; do homem grande, de caráter pequeno; lucros acentuados e relações vazias.
Essa é a era de dois empregos, vários divórcios, casas chiques e lares despedaçados.
Essa é a era das viagens rápidas, fraldas e moral descartáveis, das rapidinhas, dos cérebros ocos e das pílulas 'mágicas'.
Um momento de muita coisa na vitrine e muito pouco na dispensa.
Lembre-se de passar tempo com as pessoas que ama, pois elas não estarão aqui para sempre.
Lembre-se dar um abraço carinhoso em seus pais, num amigo,pois não lhe custa um centavo sequer.
Lembre-se de dizer 'eu te amo' à sua companheira(o) e às pessoas que ama, mas, em primeiro lugar, se ame... se ame muito.

George Carlin

17 comentários:

  1. Belíssimo texto! Ótima seleção.
    Bjos na alma, querida!

    ResponderExcluir
  2. Uauu q bom q vc gosta das quartas lá em casa, adoro o Quintana, aliás acho-o DIVINO o anjo dos poetas um grande injustiçado na ABL, assim como nós, ainda não fomos homenageados, viu só, vc escreve lindamente, gatinha, tb sou um viciado em vc, bjos, bjos e bjossss

    ResponderExcluir
  3. OLÁ QRIDA!!!
    VC falou tudo, infelizmente é a realidade vivida nesse século, por essa geração, que tristeza, e pensar que tdo depende de nós, das atitudes de cada um, basta qrermos...amei seu desabafo!

    ResponderExcluir
  4. ...
    Beleza de texto.
    É isso aí.
    Beijos, Keli.
    ...

    ResponderExcluir
  5. Disse tudo,agora pega ai esse é seu:

    Um Anjo para Você.

    Para iluminar seu caminho,
    para colocar ordem na sua vida,
    para você ter sempre a certeza,
    de que ele está ao seu lado,
    em todos os momentos.

    Em qualquer situação,
    na sua tristeza e na sua alegria.

    E mesmo que você se esqueça dele as vezes,
    ele estará sempre do seu lado,
    lhe ajudando, lhe dando conselhos,
    lhe conduzindo na sua estrada,
    as vezes triste, as vezes alegre.

    Ele sempre vai dar o melhor de si,
    para lhe ajudar, e em troca disso,
    ele só quer que você saiba dele,
    que acredite nele.

    Não precisa saber o nome do seu anjo,
    basta lembrar dele como uma luz,
    a iluminar o seu caminho.

    E você pode ter certeza de que ele é assim,
    uma imensa luz, que não se apaga nunca,
    que não fica fraca,
    que jamais perde sua força e seu brilho.

    Um lindo anjo para você...
    Que você possa contar com ele,
    Sempre....sempre...

    (texto tirado da net).

    Bom dia!

    beijooo.

    ResponderExcluir
  6. M de Mulher!

    Seus Malabarismos Mágicos Manipulam Marionetes.
    Meninas, Mães, Madres, Marquesas e Ministras.
    Madalenas ou Marias.

    Marinas ou Madonas.
    Elas são Manhãs e Madrugadas.
    Mártires e Massacradas.
    Mas sempre Maravilhosas, essas Moças Melindrosas.
    Mergulham em Mares e Madrepérolas, em Margaridas e Miosótis.
    E são Marinheiras e Magníficas.
    Mimam Mascotes.
    Multiplicam Memórias e Milhares de Momentos.
    Marcam suas Mudanças.
    Momentâneas ou Milenares, Mudas ou Murmurantes,
    Multicoloridas ou Monocromáticas, Megalomaníacas ou Modestas,
    Musculosas, Maliciosas, Maquiadoras, Maquinistas,
    Manicures, Maiores, Menores, Madrastas,
    Madrinhas, Manhosas, Maduras, Molecas,
    Melodiosas, Modernas, Magrinhas.
    São Músicas, Misturas, Mármore e Minério.
    Merecem Mundos e não Migalhas.
    Merecem Medalhas.
    São Monumentos em Movimento, esses Milhões de Mulheres Maiúsculas.

    (texto tirado da nte).

    FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  7. Maravilhoso esse texto, e tudo ali falado, é a mais pura realidade e nem percebemos !
    Com certeza abrirá os olhos de muitas pessoas...

    ResponderExcluir
  8. Como sempre... o bom gosto e o bom senso reinam em suas palavras.

    Quando crescer quero ser igual a você. rsrsrs
    Bjus, bom fds!!

    ResponderExcluir
  9. Reyel bom reve- la, vc estava distante alguns dias da blogosfera.

    Obrigada pelo carinho abraços,

    Keli

    ResponderExcluir
  10. Pois então Wenderlen, também acredito que Quintana foi injustiçado pela ABL.
    A simplicidade de seus poemas traduzem com maestria os sentimentos mais intensos.
    Com certeza estarei sempre pelo seu espaço na blogosfera.

    Abraços,

    Keli

    ResponderExcluir
  11. Dany meu anjo,

    A realidade é quase comica se não fosse trágica.

    Mais realmente é assim que temos levado nossos dias.

    Beijos,

    Keli

    ResponderExcluir
  12. Ana suas palavras sempre carinhosas e confortantes.
    Sou grata pela sua dedicação e apoio.

    Beijos no coração,

    Keli

    ResponderExcluir
  13. Alan meu querido!!

    Saudades de vc seu sumido.

    Vc faz parte dessa geração e não está indo pelo mesmo caminho isso é maravilhoso. Continue se esforçando e lute pelos seus sonhos.

    Beijos no coração,

    Keli

    ResponderExcluir
  14. Priscila!!

    Que maravilhose ver seu comentário por aqui.

    Volte quando quiser.

    Beijos no core,

    Keli

    ResponderExcluir
  15. Hahaha... Brunno vc é hilário sempre de bom humor, eu tb quero ser igual a vc quando crescer :)

    Beijos,

    Keli

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Outros Tempos