quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Onde começa você

"O que a memória ama, fica eterno. Te amo com a memória, imperecível . Adélia Prado"


Não sei o que faço com esse amor. De tanto contar estrelas ele se fez nova galáxia.

Sobrevivi às mentiras que acreditei e aos dias esquecidos de verão inventados.

Te segui para encontrar algum caminho sem saber que você também estava sem direção.

Nova face no espelho a contemplar o belo inexistente passado subjetivo.

Fez-se outono dentro do peito para deixar cair às folhas desgastadas da complexidade à espera de renovação primaveril.

Do sentimento latente desconcertante que nos envolvia ficou o amor da lembrança, ainda somos um, porém não mais como antes.

Aceito suas promessas falhas porque te amo, não mais por inteiro apenas a metade que me convém.

Keli Wolinger

13 comentários:

  1. ..."Aceito suas promessas falhas porque te amo, não mais por inteiro apenas a metade que me convém...."

    Seria bom...Não. Seria ótimo!

    Abs.

    ResponderExcluir
  2. De tanto contar estrelas, ele se fez nova galaxia...uauuu vc abusa da criatividade poética, por isso o ntio é viciado em andar por aqui, um dengo ler vc, pra ti guria bjos, bjos e bjosssssss

    ResponderExcluir
  3. ..."Aceito suas promessas falhas porque te amo, não mais por inteiro apenas a metade que me convém...."

    Seria bom...Não. Seria ótimo! [2]

    Alan sempre me copiando!!!! rsrsrs

    Bjaum Keli

    ResponderExcluir
  4. Aceito suas promessas falhas porque te amo, não mais por inteiro apenas a metade que me convém.

    Obrigada amiga por estar junto comigo Pelos Caminhos da Vida.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. poxa que bonito este texto!
    sempre o amor nos inspirando e nos tornando mais poéticos!
    bjos e até mais!

    ResponderExcluir
  6. Alan ^^

    Não precisamos contar que amamos só o que nos faz bem em outro alguém :D

    É uma forma de se preservar a paz.

    Bjo,

    Keli

    ResponderExcluir
  7. Weenderlen o poeta da paixão,

    Obrigada pelas palavras!!

    Bjos,

    Keli

    ResponderExcluir
  8. Hahah, pois então Brunno ele faz isso porque te ama (só a parte que lhe convém) :D

    Bjo,

    Keli

    ResponderExcluir
  9. Que ótimo que você também gostou Marcelo é a melhor maneira de se libertar ...

    Bjo,

    Keli

    ResponderExcluir
  10. Ana! Grata pelo carinho volte sempre!

    Bjo,

    Keli

    ResponderExcluir
  11. Marcela,

    O amor é aquele mal necessário para acelerar o coração e aquecer a alma.

    Bjo,

    Keli

    ResponderExcluir
  12. Isso me fez lembrar que preciso treinar o desapego...como é difícil, né?

    Beijo.

    ℓυηα

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Outros Tempos