segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Sobrevivendo aos temporais


Ancorei meu coração no cais da esperança.

O barqueiro do tempo navegou por ondas tempestivas das incertezas,

para me avisar que no próximo porto as expectativas me esperavam.

Maré alta e ventos contrários vieram em minha direção, mas uma leve brisa

de entusiasmo deram leveza aos meus pensamentos e impulsionaram meus sonhos.

Remando contra a corrente a exaustão toma conta de mim deixo-me levar, sigo para o nada.

Ao abrir os olhos percebo que a mesma força com a qual lutei até esvair-me

tornou-me forte para enfrentar o furacão que passava por mim enquanto dormia.

Keli Wolinger

7 comentários:

  1. Keli, q saudades de vir aki. Tah diferente a kra do blog, bonito...
    Realmente, algumas tempestades servem pra testar nossa capacidade e ateh onde vaum nossas forcas e, se a vencemos, naum ha nada mais gratificante.

    ResponderExcluir
  2. Ei Keli... muito obrigado pela parceria. Nesses dois anos vc foi muito importante para o Tô Ligado!

    Bjusss

    ResponderExcluir
  3. Oi Lukas!

    Também sinto saudades suas :D

    Vencer não requer somente força e sim atitude.

    Bjos,

    Keli

    ResponderExcluir
  4. Mas com certeza sempre remando Francisco.

    Abraços,

    Keli

    ResponderExcluir
  5. Brunno,

    Pode contar com minha parceria sempre que precisar :D

    Bjo,

    Keli

    ResponderExcluir
  6. A vida tem dessas coisas, rs, tempestades...furacões... dizer que consegui passar ileso por cada um deles seria uma grande mentira, mas não fui um grande fracassado. Creio, que a esperança sempre está no ponto de chegada.É o jeito.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Outros Tempos