terça-feira, 13 de julho de 2010

Depois de mim


Preciso do pouco que é muito
para aqueles que não sentem e nada têm.

Quero o nada que é o antigo renovado,

a certeza da esperança envolvida em mistérios.

Tenho o inexato que é a confiança daquilo que é palpável,
mas distantes dos olhos que prevalece no imaginário.

Quero o benefício da dúvida

naquele descontentamento contente.
Tenho as cicatrizes das feridas curadas

como se elas nunca estivessem existido.

Quero a aparência da falha estampada no rosto
só para saber que ela foi necessária.
Keli Wolinger

16 comentários:

  1. Poucos, detalhes que fazem a diferença.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  2. Tem Mimo pra vc nesse blog aqui:

    http://anasique.blogspot.com

    beijooo.

    ResponderExcluir
  3. "Mas a dúvida éo preço da pureza, e é inutil ter certeza..."

    Acho que essa canção combina direitinho com seu texto.

    Bjus

    ResponderExcluir
  4. nada do que eu dizer será comparado.
    o pouco nunca é muito.
    a falha sempre será um aprendizado.

    bem, não teve mto sentido o que eu falei, mais tá valendo...UASUHAUHSUH..

    Abs keli!

    ResponderExcluir
  5. Olá, desculpe invadir seu espaço assim sem avisar. Meu nome é Fabrício e cheguei até vc através do Blog do Mar Íntimo. Bom, tanta ousadia minha é para convidar vc pra seguir meu blog Narroterapia. Sabe como é, né? Quem escreve precisa de outro alguém do outro lado. Além disso, sinceramente gostei do seu comentário e do comentário de outras pessoas. Estou me aprimorando, e com os comentários sinceros posso me nortear melhor. Divulgar não é tb nenhuma heresia, haja vista que no meio literário isso faz diferença na distribuição de um livro. Muitos autores divulgam seu trabalho até na televisão. Escrever é possível, divulgar é preciso! (rs) Dei uma linda no seu texto, vou continuar passando por aqui...rs



    Narroterapia:

    Uma terapia pra quem gosta de escrever. Assim é a narroterapia. São narrativas de fatos e sentimentos. Palavras sem nome, tímidas, nunca saíram de dentro, sempre morreram na garganta. Palavras com almas de puta que pelo menos enrubescem como as prostitutas de Doistoéviski, certamente um alívio para o pensamento, o mais arisco dos animais.


    Espero que vc aceite meu convite e siga meu blog, será um prazer ver seu rosto ali.


    Abraços

    http://narroterapia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Quero o benefício da dúvida...gostei do seu texto e como vê, instiga-me a pensar, gosto de pensar no q leio, valeu, pra vc bjos, bjos e bjosssssssss

    ResponderExcluir
  7. Belo post, Keli.

    "Tenho o inexato que é a confiança daquilo que é palpável,mas distantes dos olhos que prevalece no imaginário".

    Muito bom!

    ResponderExcluir
  8. SALLLLLLLLDADES VOLTE AMOR!!! VC ME DEIXOU MAL ACOSTUMADO!!! PARA VC MINHA LINDA BJOS, BJOS E BJOSSSSSSSSSSS

    ResponderExcluir
  9. kelii.. to indo viajar.. valeu pela força!!!

    ResponderExcluir
  10. Priscila,

    É no pouco, no pequeno, em tudo aquilo que achamos que pode ser insignificante que reside a essência de toda transformação.

    Abraços,

    Keli

    ResponderExcluir
  11. Obrigada Ana!

    Depois passarei por lá pegar meu presentinho virtual :D

    Abraços,

    Keli

    ResponderExcluir
  12. Grande Brunno...

    A energia contagiante e o humor inigualável.

    Abraços no core,

    Keli

    ResponderExcluir
  13. Alan prodígio^^,

    Aquilo que parece não ter sentido é a sensatez de cada coração.

    Abraços no core,

    Keli

    ResponderExcluir
  14. Fabrício seja bem vindo!

    Obrigada pelo convite, já está aceito e certamente faremos parceria.
    Gostei muito do conteúdo do seu blog, a sua identidade autoral, como joga com as palavras e faz bom uso das ilustrações.
    Espero que goste deste espaço e retorne quando desejar.

    Abraços,

    Keli

    ResponderExcluir
  15. Wenderlen sempre atencioso,

    Grata pela presença e carinho também estavacom saudades de todos.

    Abraços,

    Keli

    ResponderExcluir
  16. J.Júnior quanto tempo!

    Valeu pelo carinho é muito bom receber seus comentários.

    Abraços,

    Keli

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Outros Tempos